Leitura para crianças: O hábito que pode mudar completamente sua relação com os filhos.

 “Antes meus filhos passavam basicamente o dia em frente à TV. Eu não sabia muito bem como entretê-los, nem do que brincar, nem como ajudá-los a desenvolver suas potencialidades de vocabulário e imaginação. Sentia-me uma péssima mãe. Foi aí que o universo da leitura em voz alta entrou em nossa casa e a partir dali tudo mudou”.

Mamães e papais de plantão: recebemos esse depoimento de uma querida mamãe e gostaríamos muito de compartilhar com vocês porque esta é uma realidade que diz respeito a muito de nós – o modo como nos relacionamos diariamente com nossos filhos e o que podemos fazer para ajudá-los em vários aspectos de sua formação.

Quantos vezes perguntamos a nós mesmos o que poderíamos fazer para preencher o tempo que temos ao lado dos nossos pequenos? Sabemos, de modo geral, que brincar faz bem, que é preciso de um tempo ao ar livre e como já vimos aqui no blog, cresce a conscientização de que exposição à TV e smartphones podem ser muito maléficos para as crianças. Mas, então: o que fazer?

Essa mamãe do depoimento também nos contou como a vida e a rotina dela com os filhos mudou drasticamente após ela conhecer a importância da leitura em voz alta.

O hábito de ler em voz alta para os filhos é antigo e nos remete especialmente aos tempos antigos, quando a tecnologia ainda não havia dominado grande parte do tempo das famílias.

Hábito antigo e bom. Fundamental. Há uma série de pesquisas que apontam os benefícios para o desenvolvimento cognitivo das crianças ao imaginarem um cenário descrito numa história apenas com ilustrações para orientar imagens ao invés de conhecê-lo pronto em telas; entonação que as crianças reconhecem e aprendem a reproduzir, a capacidade de conhecerem realidades que não têm acesso pessoalmente como, por exemplo, uma criança que mora na cidade ao ouvir a história de crianças que moram no campo ou na floresta.

Há também, e não menos importante, a oportunidade de aprenderem grandes e importantes lições de vida através das histórias como, por exemplo, as fábulas que sempre indicam uma moral importante ao final de cada conto. Sem falar na ampliação do vocabulário e no vínculo fraterno com os pais gerado nestes momentos. Você sabia que até os 5 anos de idade é a fase na qual a criança tem maior capacidade de aprender novas palavras?

Estima-se que é possível que crianças nessa idade memorizem até 3.000 palavras por ano, algo que é impossível depois da vida adulta. Ou seja, é justamente na infância que mais podemos ajudar nossos filhos a desenvolverem fundamentalmente a capacidade de memorizar e aprender o significado das palavras. Vejam como isso é importante em tempos que a linguagem coloquial torna-se cada vez mais nivelada.

São benefícios sem conta. Alguns pais retratam a dificuldade que tem em fazer os filhos prestarem atenção às histórias, mas é muito importante lembrar: para as crianças o que ganha é a força do hábito.

É fundamental que os pais criem uma rotina. Ainda que no começo seja difícil e a criança pareça que nunca vai parar quietinha para ouvir a história, é preciso insistir. Mesmo que ela pegue um brinquedo e fique na mão. Mesmo que nos primeiros dias seja muito difícil. O cotidiano dá forma ao hábito. É assim com o banho, refeições, escola e é também assim com a leitura. Por isso, quanto mais cedo os pais iniciarem este hábito e quanto mais insistirem nele, maior a garantia de sucesso.

Ademais, as leituras dão um universo sem fim de ideias para brincadeiras: contos de fadas, dragões, encenações…a lista não tem fim. Elas podem também ser porta de entrada para outras atividades como ir ao teatro, fazer um desenho, aprender sobre um país desconhecido.

É justamente por isso que educadores que reforçam a importância da leitura em voz alta insistem que os pais procurem boas referências e não ler “qualquer livro”. O mesmo poder edificante que uma boa história tem, uma má história tem em confundir.

Indicaremos ao final do post dois blogs de confiança de pais e educadores que têm muitos anos de experiência e conhecimento em literatura infantil e que pode ajudar efetivamente os pais que estão começando a trilhar por este caminho repleto de alegrias e descobertas.

Traremos aqui mais conteúdo sobre atividades para desenvolver com os filhos e dicas de leitura em voz alta – porque a Pilili se preocupa além do modo como vestir os filhos, mas uma vida inteira compartilhada com eles.

Blogs:

http://comoeducarseusfilhos.com.br/blog/como-escolher-livros-para-ler-em-voz-alta/

http://encontrandoalegria.blogspot.com.br/

 

 

 

, , , ,
Post anterior
Por que e como incentivar os filhos a ajudar nas tarefas domésticas
Próximo post
O inverno chegou, e como entreter as crianças?

Posts Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fill out this field
Fill out this field
Digite um endereço de e-mail válido.

Menu
WhatsApp chat

Positive SSL EV